30 agosto 2011

Um dia em Montmartre, Paris!

"A Basílica do Sagrado Coração (em francês, basilique du Sacré-Coeur) é um templo da Igreja Católica Romana em Paris, sendo, também, o símbolo do bairro de Montmartre
A basílica está localizada no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade.

A basílica foi construída com mármore travertino extraído da região de Seine-et-Marne, o que lhe proporciona uma tonalidade branca. Essa perda constantemente dispersa cálcio, o que garante a cor branca da basílica mesmo com as chuvas e a poluição.

Um dos monumentos mais visitados da França, a basílica tem o formato de crus grega adornada por quatro cúpulas, incluindo a cúpula central de oitenta metros de altura. Na abside, uma torre serve de campanário a um sino de três metros de diâmetro e de mais de 26 toneladas.

A arquitetura da basílica é inspirada na arquitetura romana bizantina e influenciou outros edifícios religiosos do século XX. A ideia de construir um templo dedicado ao Sagrado Coração surgiu depois da guerra Franco-Prussiana (1870), como pagamento da promessa feita por Alexandre Legentil e Hubert Rohault de Fleury de erguer uma igreja caso a França sobrevivesse às investidas do exército alemão. 

O arquiteto Paul Abadie projetou a basílica depois de vencer um concurso com mais de 77 arquitetos, mas ele morreu em 1884, logo após o início da obra. Muitos elementos da basílica são baseados em tema nacionais: o pórtico, com três arcos, é adornado por duas estátuas de Santa Joana D'Arc e do Rei São Luis IX e o sino de 19 toneladas. A construção começou em 1875 e foi concluída em 1914, embora a consagração da basílica tenha ocorrido apenas após o final da Primeira Guerra Mundial."(Fonte: Wikipédia)
Estátua de Joana D'Arc
Reis São Luís IX
Nesse dia amanheceu friozinho e ventava bastante, mas por volta das 11 horas abriu um sol lindo! :D
Para chegar à basílica você pode ir de metrô e descer alguns quarteirões e subir com o teleférico, o Funiculaire de Montmartre, ou subir as escadarias. 
Outra opção é ir de táxi pois ele consegue chegar aos pés da escadaria mostrada na foto abaixo. 


Pra se esquentar a galera ficava na escadaria apreciando a vista da cidade ao som de um artista local tocando violão com o coro e palmas da galera. Uma delícia, eu queria ficar ali por horas até anoitecer.

Na foto abaixo, estávamos no mesmo piso da Igreja, pra baixo onde estão essas pessoas fica a escadaria.
IN-CRÍ-VEL!

E a vista descendo a escadaria ...

Decidimos andar pelo bairro que fica pra trás da igreja e confesso que fiquei apaixonada pelas ruazinhas, casas com muitas floreiras, chão de pedra, restaurantes pequenos e aconchegantes, lojas de artesanatos, não sei explicar, senti uma energia muito boa por lá.

A Place du Tertre, é a Praça dos Pintores, é o ponto de encontro dos artistas de rua. Cada um fica co seu cavalete produzindo ao ar livre suas obras. As pinturas à aquarela são impressionantes de lindas. 


E ai gostaram? Tem muito mais coisas pra mostrar pra vocês! Acompanhem!
Beijinhos.

Um comentário:

N@nd@ disse...

Oi, Malu!
Estive em Paris em Junho. Peguei friozinho fraco e um calorzão de 37 graus!! hehehe
Tirei mais de 600 fotos com meu marido =)
Tudo mto lindo, né?
Os cafés são tão charmosos...
Bjusss